SOBRE

sobreCollage

O PEA Observação, realizado sob a responsabilidade da PetroRio S.A., tem como foco a constituição de Observatórios, cujas tarefas são: identificar, monitorar e encaminhar os impactos da cadeia produtiva de petróleo presentes nos municípios sob a influência do empreendimento Campo de Polvo, atendendo à Linha de Ação D da Nota Técnica CGPEG/DILIC/IBAMA nº. 001/2010, tendo presente as condicionantes de licenciamento ambiental para a exploração e a produção de petróleo e gás natural definidas pelo próprio IBAMA, como medida de mitigação.

No total são nove Observatórios, localizados nos municípios de Araruama, Arraial do Cabo, Cabo Frio, Armação dos Búzios, Macaé, Niterói, Rio das Ostras, São João da Barra e São Francisco de Itabapoana, que fazem parte da Bacia de Campos.

Cada Observatório, em reuniões específicas de formação, escolhe as localidades e o grupo prioritário que passará a monitorar sob a perspectiva das transformações socioambientais relacionadas à cadeia produtiva de petróleo. Realizam este trabalho por meio de metodologias que relacionam os instrumentos de monitoramento e avaliação com ferramentas de comunicação popular, linguagem escolhida para tornar acessíveis os resultados dos temas monitorados, facilitando, desse modo, o processo de participação e controle social dos grupos comunitários.

A partir do parecer nº 02022.000416/2015-90 CPROD/IBAMA, o município de São Pedro da Aldeia deixa de fazer parte da área de abrangência do projeto. Nos municípios de São João da Barra e Macaé, em 2016, o projeto iniciou a reestruturação dos grupos e, desde então, vem realizando atividades pedagógicas e praticas conforme Plano de Trabalho aprovado junto ao Ibama.

Participam do PEA-Observação, representantes de pescadores artesanais, quilombolas, pequenos agricultores, movimento de mulheres entre outros, constituindo as Associações Observação, na qual estão concentradas as atividades do plano de trabalho delineado para cada município.

Comments are closed.